Intervenção Urbana: Mural de Anna Guerra na Pedro de Toledo

por Laura Langer Rossi

Imagem

Mural pintado pela artista recifense Anna Guerra na região do Ibirapuera, em São Paulo. Feitas sobre um andaime de 7M de altura, as contas coloridas retratam a relação da artista com o mundo (“O meu mundo é feito de cores”).

Imagem

Um belo mural, de cores vibrantes e formas circulares, enfeita a faixada de uma casa na Pedro de Toledo. Do outro lado da rua, mais um mural da artista faz companhia a essa obra a 7M do chão. Essas contas, pintadas em 2012, ainda conservam o frescor que o diferente sempre inspira. 

Já conhecia o mural por fotos e por relatos. Eu e ele nos encontramos durante a noite. As cores haviam perdido um pouco da sua força cromática. A falta de luminosidade nas cores retirou delas também algo da sua alegria. 

Esse pormenor me fez refletir no “timing” inscrito na arte de rua. Um quadro dentro de uma exposição – por mais que esteja sendo modificado pela sua disposição, por quais outros quadros estão ao redor dele – sempre conserva sua essência. Isso porque a luz de museu sempre busca pela exposição ideal. Ou pelo menos assim se imagina. 
Diferente dessa situação, um mural numa dada rua de uma dada cidade, responde às mesmas relações paradigmáticas de maneira  muito mais intensa porque não há bordes e limites: a obra e a rua fazem parte uma da outra, se complementam, se contrastam. Porém, além disso, também tem seu próprio corpo modificado por situações variáveis. 

Sua cor muda quando a cor do mundo muda. Ela precisa do sol que brilha, ou quem sabe da escuridão da noite (pensando por exemplo em uma obra que usa tinta glow). Ela é uma coisa num dia nublado, outra num dia ensolarado. Ela pode adquirir textura com a sujeira, com a agua que cai sobre ela num dia de chuva, assim como ela pode perder textura e perder suas partes por meio da erosão natural do vento, por n fatores que podem intervir nessa obra desprotegida. 

Imagem

 

ImagemImagem

 

 

A MINHA ALEGRIA CONTINUAVA, A MINHA EUFORIA, AS MINHAS CORES FLUIAM…DESCIA DO ANDAIME PISAVA NO CHAO.
MEU DIA DE TRABALHO ENCERROU.
A RELAÇÃO DE UMA PESSOA COM UMA PAREDE BRANCA E UM PUNHADO DE TINTA É UM ESTADO DE ALMA, UMA IDENTIDADE.

ImagemImagem

 

MURAL SEM NOME
Localização: Rua Pedro de Toledo, 2272 – Bairro Moema
Realizado em Setembro de 2012
Realizadores: Anna Guerra e Thiago Guerra

Links uteis:
http://www.annaguerra.com (site oficial da artista)
http://annaguerraartes.blogspot.com.br/ (blog da artista)

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s